Uso dos porquês

Por que

Principal Uso: questionamento sobre a razão ou motivo de um determinado acontecimento.

É a junção da preposição por com o pronome interrogativo que. Esta forma é utilizada em dois casos:

  • Se, depois de seu emprego, houver um questionamento sobre a razão ou motivo de um determinado acontecimento;
  • Se pudermos substituir pela expressão pelo(a) ou qual e variações.

Exemplos:

  • A vitória por que lutei está próxima.
  • A vitória pela qual lutei está próxima.
  • Por que (motivo/razão) você não foi ao shopping?
  • Por qual (motivo/razão) você não foi ao shopping.

Por quê

Principal uso: Somente em final da frase.

Essa forma é empregada somente no final da frase, com uso obrigatório do acento em quê.

Exemplos:

  • Ela me chamou, mas não sei por quê.
  • Correr atrás do ônibus por quê?

Porque

Principal uso: Frases afirmativas e respostas explicativas. Também causa ou finalidade.

Essa forma pode ser uma das conjunções subordinativas causais, subordinativas finais ou uma das conjunções coordenativas explicativas. Empregamos tal forma em frases afirmativas e respostas explicativas, que indiquem não só explicação, mas também causa ou finalidade. Podemos substituir a forma por pois ou como.

Exemplos:

  • Faltei à aula porque estava doente.
  • Faltei à aula, pois estava doente.
  • Porque era pequeno, os colegas não chamavam para brincar.
  • Como era pequeno, os colegas não chamavam para brincar.

Porquê

Principal uso: Sentido de razão ou motivo

Forma empregada com o sentido de razão ou motivo. É sempre precedido por artigo ou pronome e também pode variar entre singular e plural, sendo, portanto, um substantivo.

Exemplo:

  • Diga-me o porquê (o motivo) de você não querer ir ao médico.

Fiz uma imagem para ajudar  na memorização.

pirâmide dos porquês

Dicas:

  • Memorize a pirâmide e seu sentido de leitura, de baixo para cima;
  • Os ‘porquês’ intercalam entre com e sem acento;
  • A base da pirâmide começa com o ‘por que’ sem acento e separado;

 

 

Referências:

Deixe uma resposta